Podemos acata desfiliação de Arthur do Val após áudios sobre mulheres ucranianas

09/03/2022

O Podemos informou nesta terça-feira, 8, que acatou o pedido de desfiliação do deputado estadual Arthur do Val (SP), conhecido como “Mamãe Falei“. O parlamentar estava sendo alvo de um processo disciplinar interno na Comissão de Ética e Disciplina do partido após a divulgação de áudios com falas machistas sobre mulheres ucranianas. “No dia da Mulher, o Podemos recebe e acata desfiliação do deputado estadual Arthur do Val (SP), diante da abertura do processo disciplinar que poderia resultar em expulsão do parlamentar”, declara nota do Podemos. Ainda nesta terça-feira, 8, o parlamentar também anunciou a sua saída do Movimento Brasil Livre (MBL). Em um vídeo intitulado “Acho que é o fim”, Do Val apontou não achar certo que o grupo pague pelos seus erros. “Não acho justo que, por conta de um erro meu, outras pessoas paguem. Eu conheço o MBL. Se um está se afogando, pula tudo mundo para salvar. Mas eu não penso assim. Não quero ser esse fardo, não tenho esse direito”, iniciou. “Eu tomei a decisão de me afastar de tudo um pouco. Vou sair do MBL”.

Em nota, o grupo lamenta a saída de Do Val e afirma que “jamais fechará as portas aos nossos melhores quadros políticos”. “A decisão do Arthur do Val de sair do MBL é mais que a perda de um quadro politico. É a perda de um amigo que fizemos por volta de 2016, quando o movimento já tinha pouco mais de um ano de existência; é a perda de um homem que aprendemos a respeitar e admirar”, aponta o MBL. “Essa perda também é a de um dos jovens líderes políticos brasileiros, que sem ter nascido de um clã, construindo uma carreira inteiramente limpa e responsável, conseguiu o feito de se eleger como segundo mais votado deputado da Alesp e de realizar extraordinária campanha à Prefeitura em 2020”, continua o movimento, que disse saber que Do Val precisa desse momento de “serenidade” para reorganizar a carreira e focar em sua vida pessoal. O MBL ainda acrescenta que, por conta de um erro, quiseram execrar e destruir a carreira do parlamentar. “O MBL aceita a sua saída, mas espera que ela seja apenas temporária.  Esperamos que no devido momento ele possa retornar à casa onde cresceu enquanto comunicador e político. De uma coisa todos podem estar certos: o Movimento Brasil Livre não irá jamais fechar as portas aos nossos melhores quadros, sejam eles famosos ou não, mandatários ou militantes, desde que cumpram com a missão permanente dessa instituição: o bom combate pelos valores da liberdade e a defesa de um Brasil mais justo para todos”, finaliza o documento.

Arthur do Val ingressou na legenda há pouco mais de 30 dias e, logo em seguida, anunciou sua pré-candidatura ao governo de São Paulo. Na semana passada, o deputado foi à Ucrânia e enviou áudios a colegas em que disse que as mulheres ucranianas “são fáceis porque são pobres” e fez comentários sobre a fila de refugiadas da guerra. Com a repercussão negativa dos comentários, ele desistiu de concorrer ao governo estadual, pediu desculpas e afirmou que as declarações foram “erro em um momento de empolgação”. No vídeo publicado em seu canal do Youtube nesta terça-feira, o parlamentar disse que tentará defender o seu mandato, mas que acredita que será cassado “em três dias”. “O que está acontecendo é que tem um processo de cassação contra mim, e eu vou ser cassado em três dias. Um recorde histórico de tempo”, ponderou.

+23
°
C
H: +23°
L: +20°
Ilhabela
Quinta-Feira, 22 Abril
Ver Previsão de 7 Dias
SexSábDomSegTerQua
+24°+24°+24°+23°+24°+23°
+19°+18°+19°+20°+20°+21°

Deixe um comentário

Segurança
23/06/2022
A Polícia Civil de Ilhabela recuperou diversos objetos provenientes de furtos ...
Sem Categoria
23/06/2022
O desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1º Região (TRF-1), ...
Caraguatatuba
23/06/2022
A Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Turismo (Setur), ...